cartdowneyefacebookfilterheartinfo-barsinfo-cardinfo-packageinfo-truckinstagrammailnextordersprevioussearchtelephonetwitteruserclose
22/11/2021

Semente com 40 milhões de anos é encontrada em âmbar!

Você já ouviu falar em "germinação precoce"?

O assunto virou matéria recentemente, em razão de uma descoberta fantástica! Uma semente foi encontrada em um pedaço de âmbar! O mais incrível? A semente data de 40 milhões de anos!

UAU!

Na Universidade Estadual do Oregon, pesquisadores descobriram as primeiras evidências fósseis da citada rara condição botânica conhecida como germinação precoce.

O que é isso? A SoCientífica explica:

(...) "as sementes brotam antes de deixarem os frutos. George Poinar Jr., da Faculdade Estadual de Ciências do Oregon, descreve uma pinha com aproximadamente 40 milhões de anos de idade e envolta em âmbar báltico com caules embrionários crescendo."

A natureza é maravilhosa, não é mesmo?

Ah! Por falar em descobertas incríveis em pedaços de âmbar, aproveite para conferir outra notícia que preparamos pra você: 

Caranguejo pré-histórico de 100 milhões de anos é encontrado preso em âmbar!

Mas... o que a geminação de sementes representa?

(...) “A germinação de sementes é crítica para o desenvolvimento de todas as plantas e normalmente ocorre no solo após a queda de uma semente”, explicou Poinar, um especialista internacional no uso de formas de vida vegetal e animal preservadas em âmbar para estudar a biologia e a ecologia do passado distante. “Temos a tendência de associar a viviparidade — desenvolvimento embrionário que ocorre dentro do parente — com os animais e negligenciar o fato de que ela ocorre nas plantas de vez em quando.”. Leia tudo sobre o artigo publicado: Historical Biology.

A Revista Galileu complementa:

"Segundo o pesquisadorisso é tão raro em pinhas que só um exemplo dessa condição foi descrito na literatura científica, em 1965. "Isso é parte do que torna esta descoberta tão intrigante, além de ser o primeiro registro fóssil de viviparidade de planta envolvendo a germinação de sementes", conta ele, em comunicado.

"É comum que algo aconteça após o contato com a resina. Alguns insetos, por exemplo, depositam ovos depois de ficarem aprisionados nela. No caso da pinha, é possível, segundo o pesquisador, que a cutícula que cobre os brotos possa tê-los protegido da entrada do âmbar. Tal processo pode ter ocorrido devido a geadas de inverno. As geadas, aliás, podem ocorrer em florestas do Báltico de ambiente úmido e temperado quente, conforme conta Poinar Jr." 

Gostou? Então, você provavelmente vai gostar dessa descoberta também: Um fóssil tardígrado foi encontrado em âmbar de 16 milhões de anos!

Para comprar o nosso âmbar do Báltico, baixe o app ou acesse o site. Aproveite o FRETE GRÁTIS para todo o Brasil!

Quer saber mais sobre o que as pessoas estão falando do melhor colar de âmbar do Báltico? 

Acesse: https://www.ambaroriginal.com.br/depoimentos-de-clientes

 
 
  • Por: R$ 2.000,00
    Comprar

    ÂMBAR LIFE

    A Âmbar Original pensou em joias que trazem elegância na medida certa. O Âmbar Life Original, com inclusão de inseto, ilustra isso perfeitamente! Pode ser um ponto de luz no seu look, que tal? Combina muito com pulseira de âmbar em um tom parecido, também.